Profissão: Médico Legista


Médico Legista - IML no Ceará - Brasil

Médico legista, ou simplesmente legista, é o nome dado ao profissional da área da medicina legal, que realiza necrópsias para investigar a causa da morte das pessoas, principalmente quando esta ocorre em circunstâncias não naturais, como em decorrência de acidentes, assassinatos ou suicídios.


Mas o médico legista não trabalha só com cadáveres, aliás, ao contrário do que se imagina, fazer o laudo para identificar causa da morte integra o menor volume de trabalho desse profissional no Instituto Médico Legal (IML). Para se ter uma ideia, 80% dos laudos são para a realização do exame de corpo de delito (que, em sua maior parte, se dá em razão de violência contra a mulher e/ou violência sexual) e exame clínico de embriaguez.


Para estar apto a ser um médico legista, os interessados deverão concluir o curso de ensino superior em Medicina, sendo necessário também possuir conhecimentos básicos de direito, biologia, química, balística, para passar por uma prova, que é realizada periodicamente pela Associação Brasileira de Medicina Legal (ABML).


INÍCIO DA PROFISSÃO NO MUNDO E NO BRASIL


Você sabe quando surgiu a função do médico legista e o que ela significava?


A posição de médico legista se originou na Inglaterra, em 1194, e foi referenciado pela primeira vez como “custos placitorum”, do latim: “guardião dos fundamentos”.


Dr. João Alfredo Corrêa de Oliveira (1835-1919), Presidente do Conselho de Ministros do Império, que oficializou a função do Médico Legista, também foi autor da célebre lei Áurea que, em 1888, aboliu a escravidão no Brasil

O nome original em inglês era “Crowner” ou “coronel”, derivado do latim “corona”, que significa “coroa”. O legista era eleito pelos proprietários livres do condado de Eyre, e era encarregado de salvaguardar a propriedade do rei, além de contrabalançar o poderoso cargo do xerife, no interesse da realeza britânica.


Ou seja, o médico legista era um funcionário do governo com poderes para conduzir ou ordenar um inquérito sobre a maneira, ou a causa da morte, e para investigar ou confirmar a identidade de uma pessoa que foi encontrada morta, dentro da sua jurisdição.


No Brasil, a função do médico legista foi oficializada no dia 7 de abril de 1886, com a aprovação da lei nº 18, assinada pelo conselheiro João Alfredo Corrêa de Oliveira, então presidente da Província de São Paulo. Desde então, anualmente nesta data, se comemora a atividade exercida por esses profissionais.


PRINCIPAIS ESPECIALIDADES DA MEDICINA LEGAL FORENSE


Tão extensa quanto fascinante, a medicina legal forense abrange estudos nas mais diversas áreas. Conheça algumas das mais importantes.


Antropologia Forense

Antropologia forense

É o ramo da medicina legal que se dedica a estudar a identidade e a identificação de um indivíduo. Entre os seus objetivos está a identificação de restos humanos e, se possível, das causas e circunstâncias da morte, por meio do exame dos ossos e lesões. Para tanto, utiliza recursos como a datiloscopia, a iridologia, a papiloscopia e o exame de DNA.


Asfixiologia

Trata-se da especialidade que se dedica ao estudo dos casos de morte produzidos por enforcamentos, estrangulamentos, sufocações, afogamentos e suas implicações nos processos legais.


Tanatologia

A tanatologia forense se dedica a estudar as informações sobre as circunstâncias da morte, como os seus mecanismos e causas, tais como acidentes, homicídios, suicídios ou mortes por causas naturais.


Cronotanatognose

É o capítulo da tanatologia que tem como objetivo identificar o tempo transcorrido entre a morte e o exame necroscópico. Para realizar essa estimativa, o especialista realiza a análise dos processos deformativos post-mortem, como livores, manchas verdes e rigidez cadavérica.


Entomologia Forense

Entomologia forense

A entomologia forense é aplicação dos estudos de biologia de insetos, ácaros e outros artrópodes em processos criminais.


Por meio desse ramo do conhecimento, é possível determinar há quanto tempo ocorreu a morte de uma pessoa, identificar a vítima por meio do DNA presente nas larvas. Também é possível entender melhor as circunstâncias que cercaram o acontecimento, fornecendo informações importantes para a instrução do processo.




Sexologia forense

A disciplina científica tem como objetivo principal estudar as questões relacionadas às relações sexuais e suas implicações em questões jurídicas. Muito importante para desvendar crimes sexuais.


Traumatologia forense

Trata-se do ramo da medicina forense que se dedica ao estudo dos aspectos médicos e jurídicos das causas das lesões corporais provocadas por traumas de ordem física ou psicológica.


Psiquiatria forense

É uma subespecialidade da medicina legal forense é voltada para o estudo da saúde e integridade mental do indivíduo e da sua capacidade para assumir atos da vida civil ou ser responsabilizado criminalmente por suas atitudes.


Áreas de atuação da Toxicologia Forense

Toxicologia forense

A disciplina tem como objetivo principal estudar o efeito de quaisquer substâncias que possam ter efeito tóxico, venenoso ou produzir alterações no organismo com o objetivo de auxiliar na elucidação dos fatos em processos de investigação criminal.








Fontes:

https://medicinadiaadia.com.br/tudo-que-voce-gostaria-de-saber-sobre-medicina-legal-forense/

https://www.infoescola.com/medicina/medicina-legal-forense/

https://www.pliniocorreadeoliveira.info/OUT_36-12-21_Joao_Alfredo_Correa_de_Oliveira.htm

https://www.gazetadigital.com.br/editorias/cidades/profissao-medico-legista/269592

https://www.jcnet.com.br/noticias/geral/2015/04/435620-a-maioria-dos-servicos-do-iml-e-em-quem-esta-vivo.html

CANAL DE PERÍCIA

MÍDIA - EDUCAÇÃO - COMUNIDADE 

Por meio deste portal, o Canal de Perícia disponibiliza informações completas sobre perícia e investigação forense, 24 por dia. Resumos de pesquisas, atualidades, breaking news, concursos, legislação e muito mais, podem ser encontrados a todo instante nas mídias sociais. 

Menu

Cursos

Outros

2011-2020 © Canal de Perícia Todos os direitos reservados.

  • Instagram ícone social
  • YouTube ícone social
  • Facebook Social Icon

Avenida Brigadeiro Faria Lima, 1461 - Jardim Paulistano 
São Paulo - CEP 01452-002