CANAL DE PERÍCIA

MÍDIA - EDUCAÇÃO - COMUNIDADE 

Por meio deste portal, o Canal de Perícia disponibiliza informações completas sobre perícia e investigação forense, 24 por dia. Resumos de pesquisas, atualidades, breaking news, concursos, legislação e muito mais, podem ser encontrados a todo instante nas mídias sociais. 

Menu

Cursos

Outros

2011-2020 © Canal de Perícia Todos os direitos reservados.

  • Instagram ícone social
  • YouTube ícone social
  • Facebook Social Icon

Avenida Brigadeiro Faria Lima, 1461 - Jardim Paulistano 
São Paulo - CEP 01452-002

 

Tipos de lesões e suas características


É muito difícil sair intacto de um acidente, sem no mínimo um arranhão. Em casos graves o acidentando pode ser vítima de uma grave sequela ou ferida. Elas resultam das agressões sofridas no tecido e podem ser consideradas feridas abertas ou fechadas. E é sobre esses tipos de lesões que vamos falar nesse artigo.



Os ferimentos abertos são aqueles em que há perda da integridade da superfície da pele. Nos ferimentos fechados não ocorre por definição perda da integridade da pele. São feridas abertas as abrasões, ou escoriações, as incisões e as lacerações. As escoriações são lesões da camada superficial da pele ou mucosas que apresentam sangramento discreto, mas costumam ser extremamente dolorosas.

As incisões são lesões teciduais cujos bordos são regulares, sendo produzidas por objetos cortantes. Podem causar sangramento de variados graus e danos a tendões, músculos e nervos. As lacerações são lesões teciduais e bordos irregulares, produzidas por objetos rombos por meio de trauma fechado sobre superfícies ósseas.

Há também as feridas perfurantes, que são lesões causadas por punção ou perfuração da pele e dos tecidos subjacentes por um objeto.

Temos ainda as avulsões, lesões em que ocorre descolamento da pele em relação ao tecido subjacente, que pode se manter ligado ao tecido sadio ou não. Apresentam graus variados de sangramento, geralmente de difícil controle.


Por último, mas não menos importante, temos as amputações. A amputação traumática é a retirada acidental de parte do corpo, que pode ser um dedo, um braço ou uma perna. Neste tipo de acidente existem várias complicações decorrentes, tais como choque, sangramento, infecções, e outras complicações psicológicas decorrentes.