Entenda a mineração de bitcoin

No contexto das criptomoedas, especialmente do bitcoin, você sabe o que é mineração? Um termo que vem sendo utilizado desde, aproximadamente 2008, com o aparecimento do bitcoin? Você sabe o que é, em que consiste? Veja, a mineração é a forma pela qual novas unidades de bitcoin, a moeda virtual mais famosa do planeta, é criada. É uma analogia com a mineração de ouro, onde, claro, quando você minera você obtém mais ouro.

Mas afinal, em que consiste minerar bitcoin e de onde vem essa analogia com a mineração de ouro? Eu vou explicar!


Bem, a analogia com ouro vem de duas situações: Primeiro, a dificuldade. Vejam, é difícil encontrar ouro e também é muito difícil encontrar novas unidades de bitcoin. E tem de ser assim, se fosse fácil encontrar ouro ou bitcoin eles certamente não teriam tanto valor. E por falar em valores, para vocês terem uma ideia, hoje, na data em que eu estou gravando esse vídeo, um quilograma de ouro está custando cerca de setenta e três mil dólares enquanto que um bitcoin está cotado em quarenta e cinco mil dólares. É muito dinheiro, não é mesmo?

Mas voltando. Eu disse que a analogia entre a mineração de ouro e de bitcoin vem de duas situações. A primeira, como nós vimos, é a dificuldade e a segunda é a quantidade limitada. Ora, nós não sabemos quanto ouro existe na natureza, mas nós sabemos que a quantidade é finita. E o mesmo acontece com o bitcoin... a quantidade de bitcoin na, vamos dizer assim, cyber natureza, também é limitada. Mas diferente do ouro, no caso do bitcoin nós sabemos que a quantidade existente, ainda que não tenha sido totalmente minerada, é de cerca de vinte e um milhões de bitcoin.





Mas vamos lá, o que exatamente se faz para minerar bitcoin?

Ora, o bitcoin, e isso vocês todos sabem, é uma moeda computacional que só existe no mundo digital, então, para minerar bitcoin é preciso efetuar operações computacionais e esse processo, como um todo, consiste em realizar cálculos matemáticos extremamente trabalhosos, vejam, eu disse trabalhosos e não complicados, vocês vão entender agora.


Que cálculos são esses?


Observem, a mineração de bitcoin acontece no momento da validação, do registro de uma transação. E transação é simplesmente a transferência de bitcoin uma pessoa para outra... quando alguém compra alguma coisa e paga em bitcoin, por exemplo.

Então, no momento em que uma transação acontece, os mineradores entram em ação. Todos eles. É uma espécie de corrida e quem conseguir validar e registrar essa transação primeiro, receberá, em troca, uma pequena fração de bitcoin. É como se tivesse encontrado ouro!


Vamos lá! Para minerar, você precisará executar um algoritmo computacional chamado SHA-256. Não se importe em entender isso! É cálculo! Encare como uma função matemática!

Você vai aplicar o SHA-256 num conteúdo composto por três partes: primeiro, o conteúdo da transação anterior, que já foi registrada, depois o conteúdo da transação atual, que você está tentando registrar e, terceiro, um número que você precisa determinar por meio de tentativa e erro, calma, eu vou explicar, esse número é chamado de nonce. Mas, como assim, por meio de tentativa e erro? Ora, quando você executar o SHA-256, você vai obter um número de 32 caracteres, mas vencerá a corrida e consequentemente ganhará uma pequena fração de novos bitcoin, somente o primeiro que obtiver um número com dezesseis zeros nas primeiras dezesseis posições. Então, evidentemente, você precisa executar o SHA-256 diversas vezes, você vai variando aquele terceiro número, o nounce, até obter os dezesseis zeros. Eu asseguro pessoal, isso é muito trabalhoso, tanto, que uma transação em bitcoin está levando, em média, dez minutos para ser validada e registrada, mesmo havendo dezenas de milhares de minerados e com capacidade de processamento muito elevada.

Eu não sei se vocês já ouviram alguma coisa sobre isso, mas se um minerador não utilizar equipamentos muito ajustados para esses cálculos, a mineração não vai compensar, porque o valor eventualmente alcançado não será suficiente sequer para suportar os custos com energia elétrica. Vejam o quanto isso é trabalhoso!


Então, vamos lá, resumidamente, minerar, no contexto das criptomoedas, especialmente do bitcoin, consiste em executar um cálculo milhões de vezes até que se obtenha um valor preestabelecido, um número começado por aqueles dezesseis zeros. Ah, eu ia me esquecendo, e esse procedimento, como um todo, é conhecido com POW, Proof of Work... é a prova de que você teve de trabalhar para minerar bitcoin.


46 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo